Artigo CGN: Debate entre candidatos “desemocionante”


Primeiro é preciso reconhecer e parabenizar a força e o esforço da AMC (Associação Médica de Cascavel) em promover e reunir todos os oito candidatos a prefeito de Cascavel no que foi o primeiro debate desta eleição.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Paranhos, Roman, Carlos Moraes, Pacheco, Paulo Porto, Ines de Paula, Berté e Arsênio se colocaram frente a frente – ou lado a lado – pela primeira vez neste pleito e o resultado foi muito aquém da expectativa. Poucas propostas e relevantes para quem quer comandar uma cidade da importância e do porte de Cascavel pelos próximos quatro anos. O que mais se viu foram, muitos no campo pessoal e críticas mais ao nível do “birra” do que pautada pelo conhecimento, de fato, dos problemas da cidade e do funcionamento da máquina pública municipal.

Até que, em breves, os momentos os candidatos chegaram a insinuar algumas propostas, porém, o tempo e o espaço cedidos pela AMC não foram aproveitados como se desviar. A AMC ainda realizará mais um debate no próximo dia 10 e a TV Tarobá no dia 12. Até lá, candidatos e coordenações de campanhas (e os marqueteiros) repensem suas estratégias e posturas. Cascavel precisa ser respeitada como metrópole que é, mas, acima de tudo, o eleitor não pode ser menosprezado em sua Inteligência. É claro que vida pessoal de cada candidato vai refletir na sua conduta diária após ser eleito e já refletido, agora, durante a campanha eleitoral. Por isso mesmo, todos devemos ficar atentos a conduta e postura de cada um. Ironia, deboche, revanchismo, rancor, ódio, dissimulação e conduta dupla e dúbia não combina com honestidade e eficiência.

Os candidatos também devem demonstrar que desconhece o orçamento que já está sendo votado pela Câmara de Vereadores e que vai determinar e limitar as ações do prefeito.

Nenhum plano de governo vai ser bem sucedido se as propostas e diretrizes que estão sendo “vendidas” à população não compensada, no mínimo, próximo do que está sendo discutido no legislativo.

E é aí que os candidatos vão começar a mostrar algum diferencial. Tem equipe para acompanhar este trabalho do Legislativo e, inclusive, propor mudanças? É fato que o prefeito Paranhos, candidato à reeleição, leva vantagem nesse quesito porque, por óbvio, é a sua gestão que elaborou toda a peça orçamentária e já trabalha pensando na reeleição. Os demais candidatos, se tem convicção que estão no páreo e não são apenas figurantes, já tinham que ter uma proposta do orçamento nas mãos e debater sobre ela, afinal, o primeiro ano da nova gestão será vital para iniciar uma execução de tudo que se propôs na campanha.

E para ajudar os candidatos, lembramos que o projeto de lei 101/2020 que trata da LDO para o exercício financeiro de 2021 a partir de sua primeira discussão e votação na terça-feira (3). E para quem não “lembra”, a LDO é uma previsão de gastos e receitas do ano, que se concretiza na Lei Orçamentária Anual, a LOA.

Whatsapp CGN 9.9969-4530

– Canal direto com nossa redação – Envie sua solicitação que uma equipe nosso irá atender você.



Fonte: Post Completo