Serviço de Desentupidora em São paulo

Bares e empresas de eventos pedem reabertura em Maringá


Nesta quinta-feira, 16, uma manifestação pediu reabertura de bares e empresas de eventos em Maringá. Uma carroçaria pelas avenidas do centro de Maringá passou em frente ao Paço Municipal com carro de som e manifestantes pedindo ou apoiando os comerciantes das lojas de rua. O comércio em Maringá funciona em horários reduzidos e os bares e empresas de eventos estão impedidos de funcionar devido a decretos municipais. Aos bares só é permitido abrir das 11 da manhã às 15 horas, oferecendo refeições.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Os donos de bares e representantes do setor de eventos defendem-se que também podem trabalhar seguindo os cuidados sanitários e o distanciamento. Aline Gomes, dona de buffet, é uma das pedreiras com flexibilidade para o setor, permitindo o funcionamento com regras. “Se o restaurante pode funcionar com medidas restritivas, também podemos, porque podemos adotar as mesmas medidas”, diz.

Reunião discute retomada de eventos

Durante a manhã ou o vice-prefeito Edson Scabora, representantes dos setores de eventos e bares da Prefeitura de Maringá. Foi criado um comitê de protocolo, que na semana que vem será reunido diariamente com a Vigilância Sanitária para definir regras e normas adotadas para quando o setor voltar a funcionar. O comitê será integrado pelo poder público, representantes de entidades ligadas ao setor e empresários do segmento.

Durante uma reunião, o setor destacou a importância de falar em dados para que as empresas possam organizar e programar, citando exemplos de cidades semelhantes a Maringá que já sinalizam ou retornam eventos. O secretário de Saúde, Jair Biatto, também ouviu e sinalizou que dificilmente será retomado no setor nos próximos 30 dias. eventos até o meio do mês de agosto ”, afirmou Biatto.

Sérgio Takao Sato, membro do conselho superior do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau destacou que outras cidades estão sinalizando uma retomada. “Com a criação do comitê com certeza sair com uma data e instruções para o setor de eventos pode retomar suas atividades em Maringá”, disse. A Convenção já havia apresentado no município um Manual de Conduta Segura para Eventos na prevenção do Covid-19, desenvolvido com apoio do Sebrae / PR.

Mario Hossokawa, presidente da Câmara de Verificadores, destacou a importância de apresentar um dado de retorno para manter a esperança do setor que está sofrendo uma crise. “Precisamos pensar em um dado para retorno gradual e seguro, com todas as medidas de segurança”.

O diretor de turismo, Luiz Fernando Neves, destacou a importância do diálogo entre poder público e empresários. “Desde a criação do movimento #SuperaTurismoMaringa, um diretoria de turismo mantido com vários setores do turismo. Uma cadeia produtiva de eventos é grande e recebemos todas as sugestões de protocolos para cada setor, para que seja validado pela Secretaria de Saúde uma forma gradativa ”.

Elianara Torres tem uma empresa que trabalha com festas no domicílio e participe da reunião. Ela diz que acredita que o encontro foi realmente produtivo para o segmento ao que foi prometido. ‘O plano de reforma para firmado e respeitado pelo município será um grande avanço para o nosso setor. Acreditamos que medidas restritivas devem ser tomadas e algumas adequações são executadas de forma a realizar eventos, mas tem uma flexibilidade e não punição no setor. Estamos há quatro meses sendo punidos e sem nenhuma esperança de retomada da nossa economia. Somos empresários que precisam pagar nossos fornecedores honrar nossos compromissos, e nossos funcionários, freelancer, nossa família, todos dependem disso ”, finaliza.



Fonte: Post Completo