BH: quilombola tem auxlio negado; Caixa informa que ele mora no exterior


O quilombola Danilo Candombe denuncia a Caixa Econômica
O quilombola Danilo Candombe denuncia a Caixa Econômica Federal por negar auxlio emergencial (foto: Divulgao / Arquivo Pessoal)

O sistema que gerencia o auxílio federal do governo federal em meio pandemia do novo coronavrus continua alvo de críticas. Desta vez, uma parte de quilombola Danilo Geraldo dos Santos, ou Danilo Candombe, que teve o direito negado sob uma justificativa de que ele mora no exterior. O problema? O homem nunca viveu no Brasil.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Danilo, de 36 anos, morador da Comunidade Quilombola do Aude, na Serra do Cip, ao lado do Irmo. Os dois tiveram o auxílio negado, mas sob justificativas diferentes. Enquanto Danilo foi que vive no exterior, ou teve um cadastro aprovado por não informar que morava com o pai. O problema que, segundo relatos de Candombe, não havia espaço no sistema para preenchimento de informações.

“Muito triste. Porque na Serra do Cip eu conheço pessoas que recebem, mas esses R $ 600 não fazem diferença na vida deles. Pessoas que nunca precisaram colocar comida dentro de casa. A minha revolta no porque não recebemos, mas essa injustia ”, afirma Estado de Minas.

“Conheo outras pessoas que estão em situação parecida com a minha. Não há todo mundo que tenha a oportunidade de conversar com um jornalista para exportar o caso, infelizmente ”, completa. Danilo afirma que não estava no exterior entre outubro e novembro do ano passado. Ele diz ter sido legalmente apresentado para apresentar oficinas em Portugal, Espanha e Alemanha.

“Foi a primeira vez que saí do pas. Isso foi ano passado, 2019. Não havia pandemia, covid-19, muito menos ajuda emergencial. Nunca ganhei dinheiro alto. E olha que quando falo 'alto' mais que 5 mil. Sou autnomo ”, conta. A Comunidade Quilombola do Aude está localizada no município de Jaboticatubas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Em meio injustia, Danilo se apega a conquistar seu povo para ressaltar como barreiras que precisam superar a vida. “Fui o primeiro da família a pisar em uma universidade. Nosso quilombo reconhecido por pessoas famosas e homenageado por Milton Nascimento, a partir da composição de Flvio Henrique e Chico Amaral ”, explica.

Outro lado

Uma reportagem procurou assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal em Minas Gerais por volta das 11h50 deste sábado (6). O banco informou que avalia as críticas de elegibilidade da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), entidade ligada ao Ministério da Economia.

"A Caixa de informações ainda que realiza a segurança do banco de dados, o monitoramento e o mapeamento de ocorrências, em colaboração com os custos da Segurana Pblica, com o objetivo de coibir eventuais ocorrências de fraude", concluiu o banco. A reportagem procurou o Ministério da Economia por volta das 14h30 e aguarda o posicionamento. Essa matria será usada quando um macarrão se manifestar.

. (tagsToTranslate) auxílio emergencial (t) quilombola (t) BH (t) Caixa



Fonte: Post Completo