Campanha Nacional de Vacinação contra queixa até 5 de junho




Mauricio Vieira / Arquivo / Secom

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a queixa, iniciada em todo o estado de Santa Catarina no dia 23 de março, foi prorrogada até o dia 5 de junho. Além disso, o Dia D de mobilização nacional, que ocorreu no próximo sábado, 9, foi cancelado. Com essas alterações, a terceira e a última fase da Campanha permitida na próxima segunda-feira, 11, e será dividida em duas etapas.

De 11 a 17 de maio, serão vacinadas crianças de seis meses a menores de seis anos; pessoas com deficiência; gestantes e puérperas até 45 dias. De 18 de maio a 5 de junho, serão imunizados adultos de 55 a 59 anos e professores de escolas públicas e privadas.

A decisão de iniciar uma campanha por mais de duas semanas e cancelar o Dia D foi tomada pelo Ministério da Saúde (MS) em função da pandemia atual de coronavírus e das dificuldades técnicas, científicas e logísticas atuais neste momento.

A gerente de imunização da secretaria de saúde de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, reforça a importância da vacinação. “A vacina contra a gripe não imuniza a população de grupos prioritários contra o vírus da hepatite, mas ajuda no diagnóstico de Covid-19, tendo em vista os sintomas das duas doenças são bem parecidas”, esclareceu.

Para evitar aglomerações nos postos de vacinação durante uma campanha, o Estado recomenda que 295 municípios catarinenses adotem medidas de higiene e prevenção, como descentralização da vacinação, disponibilização de álcool em gel para uso de profissionais da saúde e da saúde, máscaras para quem apresentar algum sintoma principal e ampliação do horário de atendimento para que não haja aglomeração nos postos. Com base nisso, os municípios desenvolvem estratégias de como, por exemplo, vacinação em domicílio, praças, escolas, drive-thru, entre outras.

Grupos prioritários e fases para vacinação

Fase 1

Público-alvo

Estimativa de vacinação

Vacinados

Idosos com 60 anos ou mais

670.228

779.489

Trabalhadores da saúde

134.793

122.410

Fase 2

Forças de segurança e salvamento

9,563

12,614

Pessoas com comorbidades

490,4452

182.067

Jovens sob medidas socioeducativas e privadas de liberdade

16.400

6.534

Funcionários do sistema prisional

3.981

2.123

Caminhoneiros

145,893

17.634

Trabalhadores portuários

4.277

1,742

Motoristas e cobradores de transporte coletivo

17.961

3,186

Povos indígenas

11.459

3.954

Etapa 3 –
etapa 1

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos

471.184

Pessoas com deficiência

221.726

Gestantes

71.524

Puérperas (até 45 dias após o parto)

11.752

Etapa 3 –
etapa 2

Adultos de 55 a 59 anos

303,203

Professores de escolas públicas e privadas

76.775

TOTAL

2.661.171

1.131.735

* Fonte: SIPNI / DATASUS / MS. Dados abertos às 13h do dia 4 de maio de 2020.

Casos de gripe em Santa Catarina

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde de Santa Catarina nesta segunda-feira, 4 de maio, até o momento, o estado confirmou 37 casos de gripe (gripe) em 2020. Destinos, 18 pelo vírus A (H1N1), 1 pelo vírus A (H3N2), 6 Influenza A subtipagem em andamento e 12 pelo vírus Influenza B.

Os municípios com casos confirmados são: Florianópolis e Itajaí com quatro casos cada; Chapecó e Lages, com três casos cada; Balneário Camboriú, Guaramirim e Indaial, com dois casos cada; Biguaçu, Braço do Norte, Campos Novos, Concórdia, Corupá, Ibirama, Imbituba, Jaraguá do Sul, Joinville, Navegantes, Palhoça, Rio do Sul e Rio Negrinho, com um caso cada; além de quatro casos de pacientes dos estados do Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

Total de casos, dois morreram por queixa. Um homem, 31 anos, morador de Lages, e outro de 81 anos, morador de Matinhos / PR, com notificação em Balneário Camboriú.

Novas dose recebidas

Santa Catarina recebeu nesta segunda-feira, 4 de maio, mais duas remessas, com 432.200 doses da vacina contra a gripe. As gerências de saúde de Florianópolis e Itajaí já receberam como novas doses. Quanto mais você receber no decorrer da semana. Com mais dessas remessas, já alcançamos 2.206.200 doses em Santa Catarina, totalizando 82% de todo o quantitativo necessário para imunização da população de grupos prioritários.

Histórico de recebimento de doses

1ª remessa (16/03): 307.600
2ª remessa (23/03): 156.000
3ª remessa (26/03): 228.000
4ª remessa (02/04): 173.600
5ª remessa (08/04): 164.000
6ª remessa (14/04): 140.000
7ª remessa (16/04): 148.000
8ª e 9ª remessas (20/04): 304.000
10ª remessa (30/04): 152.800
11ª e 12ª remessas (04/05): 432.200



Fonte: Post Completo