Serviço de Desentupidora em São paulo

Campeonato Paranaense: clubes querem reunião com o governo até quarta-feira para definir dados | campeonato paranaense


Os clubes classificados para quartas de final do Campeonato Paranaense querem se reunir com o Governo do Paraná e uma Secretaria Estadual de Saúde, até a próxima quarta-feira, para definir as datas para o reinício da competição.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Segundo apuração do GloboEsporte.com, algumas equipes defendem que o estado recomece no dia 19 de julho. Elas aguardam a definição de dados para também discutir se o formato das quartas de final será mantido ou alterado.

O Campeonato Paranaense está parado desde 15 de março, após a conclusão da primeira fase. Clubes e uma Federação Paranaense de Futebol planejados para a rodada estadual no dia 15 de julho. Contudo, no dia 30 de junho, o Governo do Paraná anunciou um decreto com medidas restritivas para sete regiões do estado, buscando impedir o avanço do coronavírus.

Na teoria, Atlético, Coritiba, Paraná Clube, FC Cascavel, Cianorte e Londrina não podem treinar. Deles, o Paraná Clube conseguiu liberar o tráfego de quatro barras e continuou com as atividades presidenciais.

Segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgado neste domingo, o Paraná chegou a 31.120 casos confirmados e 781 mortes em decorrência de Covid-19. Ainda de acordo com uma secretaria, foram registrados 879 novos casos confirmados e 32 novas mortes desde o boletim anterior, publicado no sábado.

Clubes tentam definir dados para a disputa das quartas de final do Campeonato Paranaense – Foto: Arte / GloboEsporte.com

Linha do tempo – coronavírus e futebol no PR

12 e 13 de março: o estado do Paraná registra os primeiros casos de coronavírus. Os clubes já vendem ingressos, mas uma Federação anuncia que os jogos da 11ª temporada são exibidos com portões fechados, como Minas, Rio Grande do Sul, Rio e São Paulo (capital).

15 de março: os seis jogos do domingo, pela última rodada da primeira fase, são disputados com portos fechados. O governo de Coritiba, o Atlético de Couto Pereira, o Operário-PR vence o fórum de Londrina e o Paraná Clube perde para o Toledo, no 14 de dezembro.

Última rodada do Campeonato Paranaense teve portões fechados – Foto: Gustavo Oliveira / Londrina EC

Abril: no dia 6, o estado registrado como primeiras mortes por coronavírus. Nos dias seguintes, os clubes, que, em sua maioria, anunciaram apenas 15 ou 20 dias de férias, após o retorno dos treinos para maio. Sem jogos, os clubes contratados jogadores de jogadores e funcionários.

Primeira quinzena de maio: os clubes voltam aos treinos, mas com atividades online. Ou seja, cada jogador realiza os exercícios em casa, sob orientação dos profissionais do clube. O Athletico, por exemplo, oferece materiais aos jogadores, como bicicleta ergométrica.

25 de maio: a Secretaria de Saúde do Paraná libera volta aos treinos presidenciais, mas com limitações. Em um primeiro momento, os jogadores realizam atividades individuais, sem contato entre eles. Londrina e Rio Branco-PR preferem manter os treinos online.

10 de maio: após 100% de testes negativos, ou o Coritiba realiza uma nova bateria de exames e dois profissionais são diagnosticados com coronavírus. Antes, o Paraná já teve um caso, e o FC Cascavel, três. O Athletico também faz testes, mas não divulga os resultados.

Paraná registra um caso de Covid-19; nova bateria dá 100% de negativo – Foto: Divulgação / Paraná Clube

1 de junho: o Brasil ultrapassa a marca dos 30 milhões de mortos. Atlético, Coritiba, Paraná, Operário-PR, Cianorte e FC Cascavel mantêm atividades presenciais, mas ainda sem previsão de retomada do estado – Londrina e Rio Branco-PR, com treinos online.

13 de junho: o estado chega a 117 mortes (14 delas em Curitiba). A Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba coloca uma cidade no nível laranja e várias variáveis, como atividades práticas suspensas. A decisão afeta principalmente o Athletico, que treina a capital.

27 de junho: o Athletico realiza exames às pressas após um jogador avisar que teve contato com uma pessoa contaminada pelo coronavírus. Na segunda-feira, dia 29, o GloboEsporte.com apurou que oito profissionais – a maioria dos jogadores – deram positivo para o Covid-19.

30 de junho: o estado chega em 626 mortes e 22.623 casos. Com isso, o governo anuncia restrições, entre outros lugares, para Curitiba e Região Metropolitana, Londrina e Cascavel. Seis dos oito classificados têm os treinos suspensos. Em 1 ° de julho, o Brasil supera 60 mil mortes.

No final de junho, oito do Atlético são diagnosticados com Covid-19 – Foto: Athletico



Fonte: Post Completo