Serviço de Desentupidora em São paulo

Diário dos Campos | Prefeitura de Ponta Grossa publica licitação para ciclovia em Itaiacoca


A Prefeitura de Ponta Grossa, no Paraná, publicou uma sexta-feira (29) ou edital de concorrência, o tipo de preço menor, para uma licença de monitoramento para seleção e contratação de empresa para execução e implantação de ciclovia pavimentada na PR-513, abrangendo parte do bairro de Uvaranas até o Distrito de Itaiacoca, especificamente na localidade de Passo do Pupo.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

De acordo com o edital 02/2020, o valor máximo estimado para a contratação é de R $ 4.883.148,12, valor que será investido em uma obra com extensão de 17,5 milhas. Após todos os trâmites legais e assinatura de ordem de serviço, como obras executadas no prazo máximo de 270 dias (7 a 8 meses). O contrato terá prazo de vigência de 360 ​​dias corridos.

Qualquer empresa pode participar do certificado desde que compreenda os requisitos de qualificação exigidos no presente edital. O edital previsto ainda que a empresa vencedora de licitação assume uma responsabilidade integral pela execução completa dos serviços.

Já a abertura da licença está programada para acontecer no dia 2 de julho. No prazo de cinco dias úteis após a assinatura do contrato, uma empresa deve prestar garantia de execução da obra que corresponda a 5% sobre o valor da contratação, conforme previsto ou edital.

Importância

A implantação de uma ciclovia na região é uma discussão que se estende desde 2016, após vários registros de acidentes com mortes. Ainda na estrada, sentido Itaiacoca, vários ciclistas que usam a região para a prática de esportes e turismo.

Segundo o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Iplan), como obras que ainda não foram descobertas por conta de todos os trâmites do edital de licitação que ainda é necessário ser executado. Uma obra é convocada pelo governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura e Logística, que liberará recursos para execução do serviço.

De acordo com o diretor executivo do planejamento, Ciro Ribas Junior, uma obra é essencial para garantir a segurança dos ciclistas, muitas vezes, usar como faixas de rolamento para transitar. “A ideia é garantir um espaço próprio para essa população que, principalmente, nos finais de semana, usa o ciclismo para realizar atividades de esporte, lazer e turismo. Com um espaço próprio, os riscos de acidente com outros meios de transporte serão menores ”, destacou.

Pedaladas mais seguras

Uma nova ciclovia deve facilitar como idas e vindas de João Maria Vicente, 55 anos. Morador da vila São Francisco, em Uvaranas, o pedal diário às margens da rodovia PR-513. Vai até mais adiante a localidade de Passo do Pupo, em Itaiacoca, cerca de 17,5 km e depois ainda usa 15 metros da lenha durante o dia, tendo uma moto como aliada.

São duas horas para ir e uma hora e meia para voltar. A decida ajuda no regresso. “Mas já caí pelo menos quatro vezes, por causa de caminhão que passa muito perto”, registra. A 'magrela' às vezes não é páreo para o deslocamento do provocado pelas cenouras. Com um espaço ideal para o deslocamento de bicicletas, ele e muitos outros ciclistas podem trafegar em segurança e aproveitar a paisagem.

. (tagsToTranslate) diário dos campos (t) ponta grossa (t) itaiacoca (t) ciclovia (t) bicicleta (t) parana



Fonte: Post Completo