Endividamento de famílias bate recordes, aponta CNC


(foto: Divulga
(foto: Divulgao / Caixa)

Uma arrumadeira Ione Soares, de 40 anos, teve o salário reduzido em 75% e tem um custo diferente de pagar como contas. Ela aguarda cerca de um ms ou complemento salarial devido pelo governo – que ainda não foi pago. O marido e o filho estão na mesma situação. "A água está atrasada, a energia está atrasada, o aluguel está atrasado …", enumera.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

O drama de Ione o mesmo vivido por milhes de brasileiros. Em meio pandemia da covid-19, o percentual de famílias com renda alcançada em junho ou recorde histórico de 67,1%, segundo Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) desde janeiro de 2010.

Em maio, uma proporção de famílias com direito a cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carneiro, loja, emprstimo pessoal, entrega de carro e seguro era de 66,5% e, em junho de 2019, 64%.

A Colega de Trabalho de Ione, Conceição Maria dos Reis, 51 anos, também espera uma contrapartida do governo para pagar a dívida com o cartão de crédito que cresce a cada dia. Ela diz que é difícil conciliar uma diminuição da renda com o aumento dos preços no supermercado. "A gente v a comida cada vez mais cara", diz.

Com uma pandemia, o trabalho das duas arrumadeiras diminuiu e uma hora extra, complemento importante no salário, foi cortado. Tambm difcil conseguir algum servio por for. "Ningum está contratando diarista por causa do vírus", explica Conceio. Elas afirmam que, antes da pandemia, com dinheiro do salário e trabalho extra, conseguiram manter as contas no dia.

Em nota, um CNC declara que a renovação da alta indicação indica que as famílias estão exigindo mais crédito no sistema bancário, seja para pagar taxas e despesas, seja para manter algum nível de consumo.

O número de famílias com dívidas ou contas em atraso chegou a 25,4% em junho, atingindo o maior nível desde dezembro de 2017 e registrando crescimento nas bases mensal (+0,3 ponto percentual) e anual (1,8 ponto percentual) .

O total de famílias que declararam não ter mais condições de pagar suas contas ou pagar em atraso e que, portanto, permaneceram inadimplentes chegou a 11,6% – mais a partir de novembro de 2012.

UMA

UMA

Controle rgido

Cristina Helena Mello, doutora em Economia e professora da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), algumas dicas para não cair no endividamento ou sair dele. A primeira consulta sempre ou extrato bancário e cartão de crédito para monitorar os gastos. "necessário configurar um controle de controle dos valores de gastos no cartão para não ser surpreendido no máximo ms", diz. Outra recomendação negociada como despesas fixas como, por exemplo, ou aluguel. Controlar ou consumir energia elétrica e gs encanado também pode fazer a diferença no fim do ms.

Como informações, o jornal tambémO Estado de S. Paulo.

UMA

. (tagsToTranslate) endividamento (t) CNC (t) registra (t) crise (t) coronavírus



Fonte: Post Completo