Serviço de Desentupidora em São paulo

Família aposentada com câncer denunciada que teve transporte para tratamento em Salvador negada pela prefeitura de Santana | BA


Maria Francisca de Jesus, moradora de Santana, no oeste da Bahia, relatou que ela, que luta contra um câncer, teve negado por duas vezes o apoio da prefeitura local para realizar tratamento em Salvador, a 800 milhas de distância.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Segundo professor de Educação Física Élio de Jesus, filho da mulher, na primeira ocasião, em dezembro de 2019, um administrador do município concedeu o auxílio para aposentados. Contudo, nas duas seguintes, o pedido foi negado e a família de Maria Francisca precisou levantar o dinheiro por meios únicos, para que ela conseguisse chegar até o Hospital da Mulher, na capital baiana. O filho da aposentadoria de 67 anos afirma que, no total, as despesas foram de aproximadamente R $ 2.400.

O G1 entrou em contato com o município de Santana, que ficou em posição sobre o assunto.

“Na primeira vez em que a cidade não deu auxílio, um colega arrumou carro e motorista. A gente está com combustível, hospedagem e alimentação. Dessa vez, (arcamos com) foi tudo. Nem a casa de apoio às pessoas conseguiu nessas duas vezes ”, disse Élio de Jesus.

Aposentado faz solicitação de apoio ao município de Santana, no Oeste da Bahia – Foto: Élio de Jesus / Arquivo Pessoal

Maria Francisca foi diagnosticada com câncer de útero. No dia 13 de dezembro do ano passado, quando recebeu o auxílio do município de Santana, ela retirou o tumor. Em abril deste ano, uma nova cirurgia foi marcada, novamente em Salvador, para retirada do útero, ovários e retenção de tumor. Nesta terça-feira, ela precisou voltar para a capital baiana para passar por revisão.

“Em abril, o hospital fez uma solicitação, mandou um comunicado de que ela poderia com uma cirurgia agendada para dados e era imprescindível ou o município assistir a uma vinda dela para Salvador. Era uma cirurgia de grande porte. Ela tinha que estar aqui em Salvador nesses dados. Uma pessoa fez uma solicitação na secretaria, ficou aguardando até a última hora ou despacho, mas não aconteceu. Dessa vez agora, protocolo de ofício no dia 2 de junho solicitando o transporte para o dia 7, no domingo. A consulta estava marcada para o dia 8. A gente teve que arcar com transporte, estadia, alimentação. Tudo isso fica caro para quem mora no interior da Bahia ”, pontuou.

O pedido de família é baseado no Tratamento Fora de Domicílio (TFD), benefício que os usuários do Sistema Único de Saúde podem receber, que consiste em assistência integral à saúde, ou que ajuda no transporte para outro município, quando os métodos de tratamento são esgotados no local de residência do paciente. Em casos de necessidade, o acompanhante também tem acesso ao programa. Contudo, Élio afirma que, mesmo na primeira solicitação, quando o município de Santana estiver com uma passagem da aposentadoria, ele não teve o mesmo benefício.

O professor que recebeu o médico responsável pelo tratamento de Maria Francisca recebeu seis sessões de quimioterapia, que foram realizadas uma vez por mês. Portanto, será necessário que a aposentada viaje para Salvador, nos próximos meses, o que torna urgente uma deliberação sobre o auxílio.

“Não tenho garantia de que a cidade vai ajudar com essas boas-vindas”, avalia.

Veja mais notícias do estado em G1 Bahia.



Fonte: Post Completo