Serviço de Desentupidora em São paulo

Guti diz que Guarulhos terá mais ônibus nesta sexta-feira (12) com atividades programadas


Contrariando a determinação do governo do estado, a federação vai abrir antes e a quantidade de serviços será maior que a fase prevista por Doria

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

ADAMO BAZANI

O prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (Gustavo Guti), promete nesta quinta-feira, 11 de junho de 2020, que nesta sexta-feira, 12, uma frota de ônibus municipais será intensificada para comportar a demanda maior de passageiros com reformada gradual de atividades econômicas.

“Nós já pedimos às empresas, tanto às empresas de ônibus, que são os concessionários do sistema de transporte público, e também aos permissões, que são os 'micreiros', dos micro-ônibus, uma intensificação para eles, mais 'carros' nas linhas para que as pessoas tenham sua locomoção com menos lotação dentro desses coletivos. Amanhã (sexta-feira, 12 de junho) começa uma operação forte, a partir de toda a mobilidade de Guarulhos, que não é afetada pela maneira drástica, para que não tenhamos superlotações nos ônibus da nossa cidade ” – disse, sem, entretanto especificar uma quantidade de frota.

Como mostrou o Diário do Transporte, na quarta-feira, Guti selecione antecipar para sexta-feira, 12 de junho de 2020, o funcionamento das atividades, o primeiro decreto, e comece a abrir a partir de 15 e 22 de junho.

Assim, mais uma vez, Guti contraria o Plano São Paulo, de relaxamento da quarentena, criado pela equipe do governador João Doria.

Também na quarta-feira, 10, Doria anunciou que toda Grande São Paulo, ou Guarulhos, passará a partir da segunda-feira, 15 de junho, da fase vermelha para a fase laranja.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/10/toda-a-grande-sao-paulo-e-litoral-passam-da-fase-vermelha-para-a-laranja-com-mais-flexibilizacao/

Mas não foi tão nos dados que Guti comparou Doria. O prefeito de Guarulhos vai abrir muito mais atividades que prevêem a fase laranja do governador.

Na fase laranja de Doria, os centros de compras (com a proibição de abertura das praças de alimentação), o comércio e os serviços de rua em geral podem executar com capacidade limitada a 20%, o horário reduzido para quatro horas seguidas e a adoção dos protocolos padrão e setores específicos. Fica proibida a abertura de bares e restaurantes para consumo local, salões de beleza e barbearias, academias de esportes em todas as categorias e outras atividades que geram aglomeração.

Confira os setores que antes abrem nos dias 15 e 22 de junho e, pela nova determinação de Guti, vai funcionar, com restrições, já a partir de sexta-feira, 12 de junho:

lavanderias, com funcionamento restrito ao período das 09 horas às 15 horas;

escritórios de advocacia, contabilidade, imobiliárias, corretor de seguros e mercado de capitais, com funcionamento restrito ao período das 09 horas às 15 horas;

perfumarias, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

cartórios de registro civil, notas, protestos, títulos e documentos e registro de imóveis, com funcionamento restrito ao período das 09 horas às 15 horas;

atividades de representação judicial, extrajudicial, assessoria e consultoria, com funcionamento restrito ao período das 09 horas às 15 horas;

comércio de embalagens, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 22 horas, exceto os serviços de embalagem de bagagens no aeroporto que podem atender 24 horas por dia;

autoescolas e despachantes com funcionamento restrito ao período das 09 horas às 15 horas;

localizadores de veículos, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 22 horas, exceto os serviços prestados no aeroporto que podem atender 24 horas por dia;

papéis, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

cabeleireiros, barbearias, manicures e similares, desde que com hora marcada, limitando-o ou atendendo a uma pessoa por profissional, restringindo a aglomeração de pessoas, com funcionamento restrito ao período das 9 horas às 15 horas;

floricultura, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas, exceto retirada da entrega e entrega (retirar se sair do carro);

concessionárias e lojas de comércio de veículos, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

lava-rápido, com funcionamento restrito ao período das 09 horas às 15 horas;

igrejas, templos religiosos e atividades religiosas de qualquer natureza, respeitando-se como regras restritivas de aglomeração de pessoas, que seguem, desde então, para funcionamento regular, conforme normas e cronogramas a seguir: a) aplicar a utilização do espaço disponível a no máximo 25% de sua capacidade permitida; b) intensificar como ações de limpeza, higienizando todas as cadeiras antes e depois dos cultos; c) distância e espaçamento entre uma pessoa a outra a cada 2 (dois) metros quadrados; d) disponibilizar uma entrada e uma saída impedir uma aglomeração de pessoas; e) utilização de máscaras; e f) disponibilização de álcool em gel para todos

lojas de equipamentos, utilidades domésticas, cama, mesa e banho, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

lojas de móveis e colchões, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

lojas de artigos de armarinho, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas.

reboques e veículos motorizados licenciados em locais pré-estabelecidos, com atendimento apenas por entrega, drive-thru e take-away, vedado ou funcionando por atendimento presencial, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

lojas de artigos esportivos com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

relojoarias, joalherias e oficinas de reparação de relógios e joias, com funcionamento restrito ao período de 10 horas às 16 horas;

lojas de eletro e eletrônicos, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

lojas de calçados e vestuários, sem uso de provedores, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

comércio ambulante, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas;

comércio de doces, sorvetes e bomboniere, com funcionamento restrito ao período das 10 horas às 16 horas; e

Shopping Centers, com funcionamento restrito ao período de 14 horas às 20 horas, observadas como normas e cronogramas, seguindo as seguintes regras: a) limitar a utilização do estacionamento apenas 25% da sua capacidade total; b) permitir o funcionamento das lojas e restaurantes ao redor das praças de alimentação, apenas para os serviços de entrega ou retirada de mercadorias (entrega, movimentação e entrega), ficar expressamente proibido ou consumir no local ou nas praças de alimentação; c) disponibilizar serviço especializado de controle eferição de temperatura corporal, para todos os clientes, antes de ingressar nas dependências dos shopping centers; d) limitar a permanência de clientes em atendimento ou em circulação no máximo 25% da capacidade total permitida para cada estabelecimento, impedir aglomeração de pessoas; e) os clientes que utilizam serviços oferecidos de forma exclusiva, ou sejam, os funcionários que não podem receber mais que um cliente de maneira simultânea; f) deve ser respeitado e garantido a uma distância mínima de 2 (dois) metros quadrados de área de venda para cada pessoa em seu interior; e g) proibir o funcionamento das salas de cinema, parques de diversão, pistas de boliche e demais atividades que ainda não foram liberadas por decreto do executivo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe uma reportagem nas redes sociais:



Fonte: Post Completo