Microsoft pagará até US $ 100 mil para quem hackear seu Linux OS personalizado


Tudo sobre

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Microsoft



Saiba tudo sobre a Microsoft

Ver mais


A Microsoft pagará até US $ 100 mil (mais de R $ 500 mil) para quem conseguir quebrar a segurança do Azure Sphere, novo sistema operacional da empresa baseado no Linux e voltado para chips de sistemas na Internet das Coisas (IoT).

Em comunicado oficial, uma companhia informou que o programa de caça a falhas de segurança ocorrerá entre 1º de junho e 31 de agosto e terá configurações pré-definidas de invasão. “Vamos premiar até US $ 100 milhões pela busca em configurações do Desafio de Pesquisa em Segurança da Esfera do Azure durante esse período”, informou Sylvie Liu, gerente de programa de segurança da Microsoft.

Embora seja um sistema que utiliza elementos da nuvem da Microsoft, o programa de caça aos bugs não será contemplado nessa seara. Em vez disso, o objetivo da empresa é buscar falhas de segurança restritas à personalização do Linux. Ainda, tentativas de ataque físico também estão fora do escopo do programa.

A gigante está investindo alto nesta busca, pois a segurança nos aparelhos de internet das coisas ainda é mais importante para os outros setores. Uma proposta de que esses sistemas sejam implementados para controle e automação de serviços em grandes empresas e ambientes domésticos. Ou seja, com informações acessíveis.

Atualmente, a Microsoft está testando o Azure Sphere com Starbucks, tratando dados da empresa relacionados a tipos de grãos, temperaturas de cafés e outras informações menos usadas.

Aos interessados ​​em participar do programa, como inscrições já estão abertas no site da Microsoft.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações reduzidas com as últimas notícias do mundo da tecnologia.



Fonte: Post Completo