Serviço de Desentupidora em São paulo

Na UTI do Hospital das Clínicas de SP, pacientes com Covid-19 ficam em média 11,5 dias internados | São Paulo


Os pacientes internados por coronavírus na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas de São Paulo ficam em média 11,5 dias hospitalizados, informaram Carlos Carvalho, coordenador do Centro de Contingência para Coronavírus de SP, na tarde desta terça-feira (9) Segundo, o cálculo foi feito com mais de 1.200 pacientes que já passaram por terapia intensiva no local.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Carvalho disse que na China e na Itália os pacientes ficam em média 15 dias na UTI, 3 dias mais na média do HC. "Ou seja, para cada leito de internação, dois pacientes por mês. Diminuindo o tempo médio de internação, aumentamos teoricamente, em 30% a capacidade de atendimento desses pacientes".

O HC é o maior centro de referência para tratamento de coronavírus em São Paulo, com 300 leitos de UTI para atendimento de pacientes com doença. Para chegar a esse número, o coordenador do centro de contingência de SP declara que muda em relação aos outros países com protocolos de atendimento. "Como é uma doença nova, aplica-se protocolos de atendimento na UTI, e algumas coisas deram errado, e já tivemos a oportunidade de ajustar nosso protocolo aqui".

Segundo ele, um tempo menor de internação foi feito sem nenhum gasto adicional. "Sem precisar investir em novos médicos, novos enfermeiros, e novos fisioterapeutas, novos equipamentos e novas camas".

Leito de UTI para atendimento a pacientes graves do Hospital das Clínicas de São Paulo. – Foto: Divulgação / Governo de SP

Em todo o estado, os pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) são 4.481 e 8.073 em enfermarias de casos confirmados e suspeitos. O total de pacientes recuperados é de 28.787.

Um índice de ocupação das UTIs no estado é de 68,6% e, na Grande São Paulo, de 74,1%.

Telemedicina para acompanhar pacientes graves

Carlos Carvalho informou ainda que o projeto de TeleUTI – que utiliza uma telemedicina para acompanhar pacientes graves com problemas respiratórios – irá expandir para mais cinco hospitais na região de Grande SP, abrangendo Itapevi, Itaquaquecetuba, Francisco Morato, Pedreira e regional de Cotia.

"Venha para Mandaqui, Taipas, Vila Nova Cachoeirinha, Vila Penteado Regional Sul, Ipiranga, Geral de Osasco, Padre Bento e região da baixada santista, ou Guilherme Álvaro", informou o coordenador do Centro de Contingência.

"São 270 leitos que já estão em atendimento em telefonia, serão mais 153 ainda nessa semana, atingindo 423 leitos, e quando concluir mais cinco hospitais vamos para quase 600 leitos monitorados pela nossa equipe do Incor, da UTI respiratória, ajudando na discussão dos casos respiratórios graves em toda essa região do estado ", informou Carvalho.



Fonte: Post Completo