O Feirão de imóveis on-line tem unidades a partir de R $ 129 mil


Mais de mil opções de um novo número apenas algumas cliques de distância. Em meio à pandemia e ao isolamento social, a Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA) está promovendo, até o dia 7 de julho, ou o feirão imobiliário online A Casa que Eu Quero. Com corretores on-line e mais de mil unidades disponíveis, é possível encontrar imóveis a partir de R $ 129 mil e incorporadoras oferecendo financiamento até 90% do imóvel.

O objetivo do evento é facilitar a venda de imóveis e terrenos no período de quarentena, e, para isso, todo o processo de compra é realizado com forma online, por meio do link www.ademi-ba.com.br/a- casa-que-eu-quero. Totalmente interativo, o site permite que interessados ​​conversem com corretores via chat, WhatsApp, e-mail e até ligação. Também é possível visualizar fotos, plantas, vídeos e até a localização das unidades oferecidas, com todo o processo de compra e negociação 100% online.

"Estamos com uma grande variedade de imóveis, em diversas localizações, bairros, tipologias, preços e condições de pagamento especiais, e isso eleva bastante as expectativas de acesso. São 20 empresas que participam do evento, com um total de 39 empreendimentos e mais de mil unidades de venda em Salvador e região metropolitana ", explica o presidente da Ademi-BA, Claudio Cunha.

A diretora de marketing da construtora e incorporadora Santa Helena, Luciana Segura, acredita que o evento também é uma forma de visibilidade e um mercado comercial. Com opções a partir de R $ 601.779 e até quatro quartos, uma empresa está vendendo unidades em três empreendimentos: o Residencial Palácio das Artes (Caminho das Árvores), o Residencial Jardim Imperial (Cidade Jardim) e Monreale (Pituba).

"A expectativa é que o cliente perceba os diferenciais dos nossos apartamentos, com espaços bem planejados, que podem ser moldados de acordo com as necessidades de muitas famílias", afirma Segura.

Henrique Landim, um dos sócios da Conie Empreendimentos, também tem expectativas positivas para o evento. Ele espera vender todas as unidades disponíveis do empreendimento que está disponível, ou Pituba DulceVita, que encontra-se com 75% das obras concluídas. "Pandemia não é bom para ninguém. Mas, alguns estudos já mostram que 50% das pessoas que querem adquirir um imóvel desistiram, em contrapartida, já percebem que o momento acelerou o processo dos outros 50% que não desistiram", diz Landim.

É possível adquirir uma unidade no DulceVita a partir de R $ 749 mil. Mas Landim garante que o comprador ganhará em praticidade e conforto. "Como unidades já vêm completas, com fechadura eletrônica e forro. O morador não vai precisar de três meses de trabalho, e isso é fundamental, porque hoje, depois de perceber detalhes que ele não percebeu em sua casa, ele ainda é mais exigente" .

Localização e valor

Já na JVF Empreendimentos Imobiliários, que atua no mercado brasileiro desde 2010, está oferecendo três empreendimentos na região de Cabula: o Allegri Cabula e o Vivace Cabula VI (pronto para morar, e o Adorado Cabula (ainda em construção). e quatro quartos, e a diretora executiva da JVF, Viviane Fonseca, que têm 230 unidades disponíveis, as quais oferecem especialidades especiais de pagamento exclusivas para o mercado.

"Além das localizações privilegiadas, preços em créditos e taxas de juros mais baixas da empresa, até 90% do imóvel pode ser financiado, com seis meses para começar a pagar um financiamento de financiamento. O pagamento da entrada é facilitado, com o cliente disponível utilizar o FGTS, além de economizar para o empreendimento que está em construção. É realmente uma oportunidade única para o comprador do imóvel ", conta Viviane.

A diretora executiva ainda ressalta que um evento comercial desse porte, 100% on-line e sem contexto atual, oferece solução eficaz para uma das principais necessidades das pessoas hoje: um lar. "Em ambos os aspectos, seja pela necessidade de mudança na moradia ou pela escolha de um investimento seguro, uma busca é para um futuro melhor. E como pessoas têm a oportunidade de fazer isso com toda a praticidade e segurança do formato 100% online" .

Acima de tudo, afirma Thaís Lefundes Vieira, gerente de marketing da MRV Bahia, essa é uma ótima iniciativa que ajuda os construtores a irem até o cliente de forma segura. Com um extra extra de um evento colaborativo, "e isso sempre acaba sendo positivo para todos, porque alguém acaba alcançando público que normalmente não conseguiria sozinhos", afirma ela. Assim como contribuir para atingir diversos grupos de uma vez, dos populares, da classe A e B.

A MRV está oferecendo mais de 1.800 unidades em oito empreendimentos: Mirante do Iguatemi (o sucesso de vendas da MRV localizado em Pernambués), Salvador Garden, Solaris e Serra Ville (Jardim das Margaridas), Solar do Porto e Solar das Fontes (Lauro de Freitas), o Spazio Singular (Buraquinho) e o novo lançamento Costa do Cacau, em Abrantes, um dos produtos da MRV que, de acordo com Thaís, possui o maior custo-benefício oferecido por eles no feirão.

"Inclusive executou uma revisão nos valores e formas de pagamento especialmente para A Casa que Eu Quero. Temos descontos de até R $ 20 mil no nosso portfólio e trabalhos com financiamentos de imóveis via Caixa Econômica Federal. Além disso, temos parcerias em alguns empreendimentos com Minha Casa, Minha Vida, então o cliente pode usar o subsídio do governo, e estamos dividindo uma carteira do cliente, possibilitando que ele pague o imóvel em até 48 vezes ", explica um gerente de marketing.

* Sob supervisão da editora Cassandra Barteló

<! – Pontamedia Comments Tag //

<! –

->
<! –

->



Fonte: Post Completo