Serviço de Desentupidora em São paulo

O projeto que regulamenta o funcionamento de restaurantes self-service será avaliado pela SESA


Projeto que permite o funcionamento de restaurantes no sistema de buffet foi retirado da pauta da sessão e retorna ao debate na próxima semana .. Créditos: Dálie Felberg / Alep

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Uma proposta que regulamenta o funcionamento de restaurantes que realiza o serviço de buffet por quilo em todo o estado durante uma pandemia de COVID-19 foi retirada da pauta de votações da sessão remota desta terça-feira (26), na Assembleia Legislativa do Paraná. O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, solicitou um tempo maior para avaliar detalhadamente os regimes previstos na matéria. O projeto de lei 311/2020 É assinado pelos deputados Ademar Traiano (PSDB), Delegado Francischini (PSL) e Alexandre Curi (PSB), e ainda aguarda pareceres da Comissão de Constituição e Justiça, de Defesa do Consumidor e de Saúde Pública da Casa.

De acordo com Traiano, a retirada do projeto demonstra que a Assembléia Legislativa está aberta ao diálogo para aperfeiçoar o projeto de lei com o objetivo de aprimorar os serviços de alimentação durante o período de pandemia em todo o estado. “O secretário Beto Preto solicitou a retirada do projeto de ordem do dia de hoje para que ele possa opinar e acrescentar algo ao projeto até a próxima segunda-feira (1º). Por isso, retire o ofício para ouvir o secretário sobre uma matéria. Mas esse é um projeto importante, que serve para criar alternativas para os restaurantes que podem voltar a funcionar. Além disso, ele regulamenta essa possibilidade, uma vez que existe um clamor de empresas que atuam com restaurantes ”, afirmou o presidente da Casa. “O Secretário vê com bons olhos a proposta, até porque, além de propiciar alternativa de poder utilizar o restaurante dessa forma, você também retoma a própria economia. Restaurante fechado também significa dizer desemprego ”, concluído.

O projeto

O texto permitido para executar o autoatendimento nos serviços de alimentação popularmente denominados "buffet por quilo", enquanto durar a declaração de calamidade pública em razão de pandemia de coronavírus em todo o estado do Paraná. De acordo com o projeto, será permitido executar os seguintes requisitos para os procedimentos de controle sanitário e de saúde, bem como normas normativas de proposta.

Segundo o projeto, será obrigatório o uso de máscaras nos ambientes internos e externos dos usos, e o uso de luvas descartáveis ​​para objetos manuscritos compartilhados no buffet. Caso os clientes não possuam os equipamentos de proteção, os restaurantes serão obrigados a fornecer-los sem embutir qualquer uso adicional aos consumidores. As tabelas dos requisitos devem ter um distanciamento mínimo de 1,5 metro uma das outras. A organização de filas, dentro e fora de restaurantes, também contará com a mesma medida de distância mínima.

Os restaurantes, de acordo com o texto, podem disponibilizar álcool em gel 70% na entrada do estabelecimento e no local de início da fila de atendimento. O projeto também determina a substituição de todos os acessórios domésticos, como colheres, espátulas, pegadores, conchas e similares, além de obrigar a higienização periódica de todos os aparelhos utilizados no restaurante. Ficam proibidos ainda de cobrar qualquer tipo de taxa de serviço ao consumidor.

O descumprimento das normas aplicáveis ​​na lei sujeita a infratores uma multa correspondente a 50 UPF / PR (Unidade de Padrão Fiscal do Estado do Paraná). Cada UFP / PR, em valores de maio de 2020, segundo Secretaria de Estado da Fazenda, corresponde a R $ 106,67.

fonte: ASC / ALEP

. (tagsToTranslate) de



Fonte: Post Completo

Leave a Comment