Operário vence Figueirense na exórdio do retorno da Série B


O Figueirense foi derrotado na exórdio do returno da Série B. Na tarde de sábado (07), o Furacão foi superado pelo Operário (PR), por 1 a 0. O gol da vitória do time de Ponta Grossa ocorreu na segunda lanço. A partida aconteceu no Estádio Orlando Scarpelli.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Com o resultado, o Figueirense permanece com 19 pontos e ocupando a 18ª posição na tábua de classificação.

O jogo

Os primeiros minutos foram de muita intensidade de marcação no meio de campo por segmento das duas equipes. Em bolas paradas, o Operário tentou gerar oportunidades de gol, mas esbarrou na resguardo do Figueirense.

Foi justamente em globo paragem a primeira finalização do jogo. O estreante Erison bateu falta frontal da intermediária direto para o gol, mandando ao lado da trave esquerda do goleiro do Operário. Dois minutos mais tarde, Dudu cobrou escanteio e Vitor Mendes cabeceou pra fora.

O Figueirense chegou mais uma vez com risco aos sete minutos. Alecsandro roubou globo no campo de ataque e acionou Elyeser, que avançou e bateu possante da ingresso da espaço, mas mandou por cima do gol de Thiago Braga.

O Operário respondeu aos 14 minutos. Em escanteio, a globo passou por todos dentro da espaço e sobrou na esquerda de ataque. Em novo levantamento, Rafael Bonfim cabeceou por cima do gol.

O Furacão quase abriu o placar aos 22 minutos. Dudu cobrou escanteio no primeiro pau e Alecsandro desviou de cabeça, acertando a trave. Aos 28, Elyeser cruzou da direita e Paulo Ricardo finalizou ao lado do gol.

O Figueirense segue pressionado. Aos 38 minutos, em boa jogada trabalhada, Elyeser lançada Lucas Roble na espaço. O lateral, de primeira, serviu Alecsandro, que bateu de primeira, mas a finalização saiu prensada com a marcação adversária. Aos 40, em contra-ataque, Alecsandro lança Leo Artur nas costas da resguardo, mas o goleiro Thiago Braga se antecipou e evitou uma finalização.

O início do segundo tempo foi de tentativa de pressão por segmento da equipe do Operário. Em cruzamentos na espaço, no momento de Ponta Grossa levou qualquer risco, mas o sistema defensivo do Figueirense conseguiu evitar as investidas adversárias.

O Figueirense respondeu aos seis minutos. Em falta da intermediária, Elyeser cruzou buscando Vitor Mendes, mas a resguardo se antecipou e evitou a finalização. No escanteio procura por Dudu, Alecsandro desviou, mas a zaga do Operário novamente conseguiu neutralizar o lance.

O jogo perde em intensidade, e nenhuma das duas equipes consegue gerar situações de gols. O Operário, em cobrança de escanteio e intercepção ulterior rastejante, viu a globo cruzar a meta alvinegra, mas sem maiores sustos para Rodolfo Castro.

Aos 19 minutos, em contra-ataque, o Figueirense chegou perto de marcar. Elyeser lançamentos Felix Micolta, que passou pela marcação e serviu Leo Artur na ingresso da espaço. A finalização desviou na marcação, e na sequência a zaga do Operário afastou o risco. Aos 22 minutos, Jefinho recebido globo na ingresso da espaço, girou e bateu possante, mas Rodolfo Castro defendeu com segurança, no meio do gol.

Aos 35 minutos, chegada perigosa do Operário. Depois troca de passes, Marcelo dominou na ingresso da espaço e bateu possante. Rodolfo Castro fez grande resguardo, globo ainda bateu no travessão e saiu em escanteio. Na cobrança, Paulo Ricardo tentou desviar e acabou marcando contra. Operário na frente.



Natividade: Post Completo