Serviço de Desentupidora em São paulo

Padre da Paróquia São João Batista, do Rio das Pedras, morre após 55 de internação com Covid-19, diz Arquidiocese do Rio | Rio de Janeiro


Morreu neste domingo (14) pelo padre Marcos Vinício Miranda Vieira, de 52 anos. Segundo uma arquidiocese do Rio de Janeiro, o padre tinha contraído Covid-19 e estava internado havia 55 dias.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

O RJ tem 7,592 mortes e 78,836 casos confirmados de Covid-19

Padre tem 24 anos, Marcos era o pároco da Paróquia São João Batista, no Rio das Pedras, vigário adjunto para Caridade Social, vigário forâneo da 2ª Forânia do Vicariato Jacarepaguá, conselheiro da Comissão de Recuperação de Patrimônios e Coordenador da Cultura Religiosa da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

O padre chegou a ser levado ao coma induzido e a ser entubado. "No dia 31 de maio, ao meio dia, dizendo: 'Nossa Senhora veio me visitar', diz um texto da Arquidiocese sobre o religioso.

Nesta semana, na fase de recuperação, Marcos gravou um vídeo, aceitou todas as pessoas que foram rezadas pela cura, e pelo tratamento dos médicos e profissionais da saúde.

No video, ou ainda diz: “O que é a fé? Na prática, é um milagre. O impossível pode acontecer na vida, porque para Deus nada é impossível. Quando fui levado ao coma, entreguei minha vida e meu serviço ao Senhor ”. Após 55 dias de internação, antes de falecer, Marcos recebeu a Unção dos Enfermos, pelo seu vigário paroquial, padre Renato Lima.

Bispo auxiliar demonstra surpresa

O cardeal Dom Orani Tempesta é pronunciado sobre a morte do padre neste domingo.

“Agradecemos pela vida e pela disponibilidade do Marcos Marcos, e pelo colocamos nas mãos de Deus para a vida eterna, esse bravo guerreiro, um homem de Deus, que fez muito pela Igreja”, disse o Cardeal Orani João Tempesta na missa de exéquias , presidida na capela Nossa Senhora da Conceição, no Palácio São Joaquim, na Glória, acrescentando que ele faleceu no dia em que a Igreja celebra a memória da mina Nhá Chica.

No final da celebração de exéquias, o bispo auxiliar Dom Roque Costa Souza, que é animador do Vicariato Jacarepaguá, disse que a partida do padre Marcos Vinício causou surpresa, após os vídeos que fez com muito ânimo, falando de sua recuperação, como quem pode senti um retorno de uma batalha.

“Ele conservou a esperança de voltar ao seio da comunidade e, festeiro do jeito que era, celebraria com júbilo e festejaria paroquial. Certamente, é uma grande festa no céu, com os santos juninos. Ele era um homem dedicado, na vida da comunidade, e esse vírus não era respeitado. Estava trabalhando, servindo ao povo, ficou enfermo e, após esse período de luta, voltou para a Casa do Pai. Estamos sensibilizados, e tristeza, invadir nossos corações, mas precisamos ter ânimo e continuar a realizar a missão que Jesus confia em sua Igreja ”, disse Dom Roque.



Fonte: Post Completo