Pandemia altera celebração de finados nos cemitérios de Cascavel – O Paraná


Reportagem: Patrícia Cabral

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

Uma pandemia de novo coronavírus vai diretamente diretamente na celebração do Dia de Finados, especialmente no meio comercial. Se em anos anteriores o grande fluxo de pessoas nos cemitérios em 2 de novembro significava bom lucro para os comerciantes, movimentando as vendas de produtos que iam desde flores, velas, fósforos, brinquedos, balões até comida, a situação este ano deve ser bem diferente , a restrição pela restrição aos vendedores.

As barracas, que antes disputavam espaços nas ruas e nas calçadas ao redor dos cemitérios, desta vez serão limitadas e substituídas por tendas. Serão apenas quatro barracas no Cemitério Jardim da Saudade e quatro no Cemitério São Luiz e nove barracas no Cemitério Central de Cascavel.

Segundo o superintendente da Acesc (Administração de Cemitérios e Serviços Funerários de Cascavel), José Roberto Guilherme, essas tendas estão disponíveis apenas para militares e vendedores credenciados. “Divulgamos uma data para inscrições. O credenciamento foi feito através de sorteio por hora de chegada. Recolhemos uma taxa, repassamos o regulamento, reforçamos e adaptamos algumas orientações, como a necessidade de álcool em gel, atenção com o distanciamento, higiene ”.

Quem estava acostumado a ir aos cemitérios e aproveitava para comprar comidas e bebidas, neste ano não terá essas opções. Os produtos também sofreram restrições. “Os comerciantes podem vender velas, flores e artigos religiosos, mas, por conta da pandemia, está proibida a comercialização de qualquer tipo de alimento”, acrescenta Beto Guilherme.

O prazo para reformas e construções nos cemitérios de Cascavel terminou na semana passada e agora só é possível fazer desentupidora em túmulos e jazigos.

Uma das orientações da Acesc é em relação às visitas. “Como o Dia de Finados será numa segunda-feira, pedimos à população que aproveite o fim de semana para realizar suas visitas com tranquilidade, contribuindo para evitar aglomeração”, orienta Guilherme.

Missas com distanciamento

As celebrações religiosas nos cemitérios foram mantidas, mas com restrição de público. “Tendas grandes estão sendo montadas e utilizadas para as missas. Diminuímos a quantidade de cadeiras e aumentamos o espaçamento entre elas. As pessoas deixam álcool em gel à disposição e o acesso aos cemitérios só será permitido com o uso de máscaras ”, explica o superintendente da Acesc, Beto Guilherme.

Programação religiosa

No Cemitério Central, sábado (31) e domingo (1º), estão programadas duas celebrações, uma às 6h30 e outra às 19h, organizadas pela Paróquia Nossa Senhora de Caravaggio.

Para segunda-feira (2), Dia de Finados, estão marcadas quatro missas:

7h30 – Bispo Dom Mauro Aparecido dos Santos

9h – responsável: Paróquia Nossa Senhora de Caravaggio

17h – responsável: Paróquia São Paulo

19h – responsável: Paróquia Nossa Senhora de Caravaggio

O Cemitério São Luiz, no Bairro São Cristóvão, terá missa apenas no Dia de Finados, às 9h e às 17h.

No Cemitério Cristo Redentor, no Bairro Guarujá, a celebração será às 16h do dia 2.

Já a programação do Cemitério Jardim da Saudade, que também fica no Guarujá, ainda será definida.



Fonte: Post Completo