São Bernardo inicia reabertura na segunda-feira




Crédito: Gabriel Inamine / PMSBC

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, determinou a publicação do decreto 21.197, neste sábado (04/07), que regulamenta os protocolos de reabertura de bares, restaurantes, lanchonetes e similares, além de salões de beleza, barbearias, serviços de estética e academias de esportes a partir da próxima segunda-feira (06/07). A retomada das atividades será possível após o município avançar para o Fase Amarela do Plano SP, do Governo do Estado, em resposta aos esforços para enfrentamento do Covid-19.

Conforme definido ou decreto 21.197 / 20, bares, restaurantes, lanchonetes e similares podem ser executados por até seis horas. Os equipamentos podem selecionar o horário e o turno de trabalho até às 17h, com capacidade máxima de 40% da ocupação declarada no AVCB (Automático de Vistoria do Corpo de Bombeiros) no local (com boa circulação de ar, seja por meio de ventilação natural) ou mecânica), com limitação de até seis pessoas por mesa. Além disso, é recomendável aferição de temperatura dos colaboradores e clientes com termômetro digital. Os funcionários podem usar máscaras em tempo integral, enquanto os clientes podem retirar o item durante as refeições.

No caso dos salões de beleza e similares, o horário de funcionamento das atividades será de até seis horas diárias, entre as 12h e as 18h, com uma duração máxima de até 40% da capacidade declarada no AVCB. Além dos protocolos sanitários, como o uso de máscara, a disponibilidade de álcool gel e a limpeza do ambiente, será preservada a uma distância mínima de dois metros entre as estações de trabalho e priorizadas ou o atendimento por agendamento para evitar uma aglomeração de clientes.

As academias também têm horário de funcionamento reduzido seis horas por dia. Poder abrir das 6h às 12h ou das 17h às 23h, com até 30% da capacidade. O atendimento aos clientes pode ser realizado por treinamento individualizado, mediante agendamento prévio, com a obrigatoriedade de uso de máscaras. Antes da reabertura, os usuários podem passar pelo processo de higienização completa e manter a disposição de álcool em gel. Além disso, o espaço de exercício de cada cliente pode ser delimitado no chão, obedecendo ao mínimo de 1,5 metro. Devem ser mantidas suspensas como aulas, como atividades e práticas em grupo e uso de vestiários e áreas de banho.

Uma reabertura será realizada em sintonia com Capital e demais cidades que compõem o Grande ABC. Os demais setores, já avaliados para facilitar a cidade nas etapas anteriores do Plano SP, como comércio, shoppings centers, além de serviços, obter ampliação de quatro por seis horas de abertura (das 10h às 16h).

"É um avanço importante. Conseguimos trabalhar a maneira correta de avançar, mas não podemos descer para chegar até uma fase verde. A colaboração de todos, com o uso de máscaras e outras medidas sanitárias, é possível chegar até aqui", comenta o São Bernardo, Orlando Morando.

O decreto municipal foi publicado nos atos oficiais da cidade, localizado no portal da Prefeitura.

Outra medida modificada confirmada pelo chefe do Executivo foi a reabertura para circulação de veículos na Rua Marechal Deodoro, Centro, principal e maior corredor de comércio do município, também a partir da segunda-feira (06/07).

TRABALHO COMBATIVO – Uma Prefeitura de São Bernardo determinou um pacote de medidas para combater a disseminação de coronavírus na cidade, investindo na construção de dois novos hospitais permanentes (Hospital de Urgência e Anchieta), que demandaram R $ 134,8 milhões, além de outros R $ 54,5 milhões investidos em outras medidas de saúde

. (tagsToTranslate) São Bernardo do Campo (t) Economia (t) Notícia (t) Reabertura (t) fase amarela (t) bar (t) restaurante (t) academia (t) Plano SP (t) governo (t) município (t) Orlando Morando (t) pandemia (t) coronavírus (t) corona (t) covid-19



Fonte: Post Completo