Serviço de Desentupidora em São paulo

Vendedor de 27 anos que reclamou todas as horas antes de morrer com Covid-19: 'Não consigo falar' | Sorocaba e Jundiaí


Segundo a família, a morte ocorreu no dia 16 de maio e o paciente ficou menos de 24 horas sob os cuidados médicos. Os prints, aos quais o G1 Karina Aparecida Delfino conversou com ele na madrugada do dia 15, quando o rapaz já passava por atendimento médico.

Desentupidora Daqui da Cidade Faz todos os serviços de  Desentupidora em todos Bairros da Cidade, a qualquer hora do dia ou a da noite pode contar com A Desentupidora Daqui da Cidade atende em qualquer bairro da Cidade e em toda a Região. A Desentupidora da Cidade faz todos os serviços de Desentupimento de Esgoto neste que é um dos Bairros mais querido da nossa Cidade. Caso queira ver nossa tabela de preço para serviço de Desentupidora em Cidade Clique aqui.

Desentupidora Daqui da Cidade atende 24 horas em todos os bairros da Cidade

Desentupidora
Desentupidora Daqui da Cidade
 

"Ele (pai) me liga a conversar. Conversa com o pai, é que ele me liga a conversar, mas não tinha como. Acho que vou ficar internado", escreveu o paciente.

O vendedor falou com a irmã enquanto não estava no hospital em Jundiaí – Foto: Arquivo pessoal

Na sequência, depois de 10 minutos, Luiz contou que poderia estar com problema para respirar. "Pulmão está bem zuado", disse.

No final da tarde desse dia, Karina voltou a mandar mensagens ao irmão. Segundo ela, converse com ele sobre um possível transferência para Porto Feliz, cidade onde fica mais e fica ao lado de Sorocaba.

"Estou com uma discussão alérgica e não consigo falar. Assim como conseguir e tomar o remédio eu te ligo", foram as últimas palavras do vendedor à irmã.

Luiz foi vítima de coronavírus em Sorocaba – Foto: Arquivo pessoal

Para uma irmã, Karina falar de Luiz teve um clima de família duplamente enlutada. No dia 15 da mesma semana, os filhos velaram a mãe, vítima de infarto. Luiz já não estava no hospital com o pulmão comprometido.

O vendedor era casado há 2 anos e, segundo a irmã, não pretendia ter filhos. A atenção era voltada para a esposa, os pais e os sobrinhos.

“Amava meus filhos. Os (filhos) que ele não teve, eu tive por ele. Tinha amigos por todo lado e muito querido. Sempre falava de Deus e abençoava como pessoas, ajudava quem podia ”, detalha.

Segundo a cidade, o paciente era diabético e hipertenso. Uma irmã não sabe dizer como o rapaz pode ter um vírus ou vírus, mas acredita que a obesidade e a alimentação podem prejudicar ou combater o corpo contra uma infecção.

Luiz morava no bairro Jardim Novo Horizonte, na zona norte, e trabalha com a venda de bebidas No entanto, afirma que os cuidados com o uso de álcool em gel e com máscara foram tomados.

“Um povo sempre aconselhou a tomar medidas de segurança e uma semana antes de tomar a chuva e ficou preso. Outros fatores podem ter piorado a situação, porque uma vez ou outro ele teve um problema respiratório. ”

Em choque com a situação, a esposa de Luiz foi encaminhada ao hospital e não tem diagnóstico de doença. O estado dela é estável. O corpo de Luiz foi enterrado no Cemitério Santo Antônio, em Sorocaba, sem velório.

Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí



Fonte: Post Completo

Leave a Comment